Lançamento: Série Relações Diplomáticas: Brasil – República Dominicana


Sobre o Selo

Este selo mostra as belezas naturais da Republica Dominicana, retratadas em belas aquarelas. Ao fundo da imagem está a Bahia de las Águilas, vista de longe. Em primeiro plano, à direita, o pássaro que representa o país, Cigua Palmera, e à esquerda, a rosa de Bayahibe, a flor nacional. Na porção superior direita estão as bandeiras do Brasil e da República Dominicana, reforçando as relações diplomáticas entre os dois países.

As técnicas utilizadas foram aquarela tradicional, caneta gel branca e nanquim sobre papel, ilustração vetorial e computação gráfica.


Laços Diplomáticos

República Dominicana - Brasil - 110 anos

A República Dominicana e o Brasil celebram mais de um século de relações diplomáticas nas quais construíram pontes que se consolidam no século XXI.

Separados por 4.173 quilômetros de distância,os países decidiram estreitar laços estabelecendo relações formais em 19 de abril de 1911, por meio do decreto presidencial 8.684, pelo qual foi criado um consulado brasileiro em Santo Domingo. Hoje, além da Embaixada em Brasília, a República Dominicana tem representações oficiais no Rio de Janeiro, São Paulo, Manaus e Recife.

Políticos e acadêmicos de destaque dos dois países tornaram-se protagonistas do processo de aproximação que avançou favoravelmente, deixando sua marca em escolas, ruas e praças que levam os nomes da República Dominicana, Brasil e Tiradentes. Uma cópia fiel do Cristo Redentor do Rio de Janeiro ergue-se a 793 metros de altura no morro Isabel de Torres, acima das colinas verdes de Puerto Plata.

Esses gestos de mútua homenagem hoje se traduzem em programas de cooperação nas áreas de saúde, agricultura, emprego, meio ambiente, segurança e formulação de políticas públicas, sem esquecer a criação da Câmara de Comércio Dominicano-Brasileira.

As visitas presidenciais reafirmaram os laços de amizade e estimularam novos intercâmbios. O primeiro presidente dominicano a visitar solo brasileiro, no âmbito de uma escala técnica, foi o Dr. Salvador Jorge Blanco (1982 - 1986).

Fernando Henrique Cardoso participou da XII Cúpula Ibero-americana de Chefes de Estado e de Governo realizada na República Dominicana em 2002. Hipólito Mejía fez uma visita de trabalho em novembro de 2003. Durante a reunião formalizaram um Tratado de Extradição e decidiram adotar políticas de maior aproximação entre os dois países.

Em agosto de 2004 Luiz Inácio Da Silva (Lula) participou da posse do presidente Leonel Fernández, que por sua vez visitou o Brasil em 2011 durante o Fórum Econômico Mundial para a América Latina.

O Licenciado Luis Abinader, atual presidente dos Dominicanos, está ciente de que a prosperidade do país depende do papel ativo da política externa, com o desenvolvimento de agendas internacionais que cubram questões políticas, que promovam as exportações e atraiam investimentos estrangeiros junto aos diferentes atores da comunidade internacional. Ou seja, uma política externa para o século XXI.

Nesta emissão que celebra os 110 anos de relações diplomáticas entre a República Dominicana e o Brasil, os Correios homenageiam a Cigua palmera (Dulus dominicus), a Rosa de Bayahíbe, (Pereskia quisqueyana), respectivamente pássaro e flor nacionais da República Dominicana, e a Bahía de las Águilas, considerada a praia mais cristalina do mundo.


Patricia Villegas de Jorge

Embaixadora da República Dominicana


Detalhes Técnicos

Edital nº 3

Arte: Correios Filatelia

Processo de Impressão: Ofsete

Papel: cuchê gomado

Folha com 20 selos

Valor facial: R$ 3,95

Tiragem: 200.000 selos

Área de desenho: 39 x 21mm

Dimensão do selo: 44 x 26mm

Picotagem: 11 x 11,5

Data de emissão: 19/4/2021

Local de lançamento: Brasília/DF

Impressão: Casa da Moeda do Brasil