Emissão Postal Especial – Mobilidade Sustentável




Entram em circulação no dia 22 de setembro de 2016 os selos postais alusivos à relevante temática da Mobilidade Sustentável. Esta emissão dos Correios é composta de dois selos, em forma de Se-tenant, destacando cenas urbanas em que os meios de locomoção e as diversas opções de mobilidade – carro, bicicleta e metrô – mostram-se de maneira harmoniosa e aderentes aos quesitos de comodidade, sustentabilidade e segurança. O primeiro selo destaca o VLT, que representa o transporte coletivo sobre trilhos, e outras formas de locomoção como o skate e o ônibus, em vias que permitem o fácil deslocamento de cadeirantes e pessoas com dificuldade motora. No segundo selo, visualiza-se o respeito às pessoas, onde carros e ciclistas param na faixa de pedestres, em cenário que aponta a possibilidade de utilização do metrô. Ao fundo, pessoas se locomovem com facilidade em vias sinalizadas, com placas e pisos táteis. Foi utilizada a técnica de computação gráfica.


SOBRE OS SELOS


Esta emissão é composta de dois selos, em forma de Se-tenant, destacando cenas urbanas em que os meios de locomoção e as diversas opções de mobilidade – carro, bicicleta e metrô - mostram-se de maneira harmoniosa e aderentes aos quesitos de comodidade, sustentabilidade e segurança. O primeiro selo destaca o VLT, que representa o transporte coletivo sobre trilhos, e outras formas de locomoção como o skate e o ônibus, em vias que permitem o fácil deslocamento de cadeirantes e pessoas com dificuldade motora. No segundoselo, visualiza-se o respeito às pessoas, onde carros e ciclistas param na faixa de pedestres, em cenário que aponta a possibilidade de utilização do metrô. Ao fundo, pessoas se locomovem com facilidade em vias sinalizadas, com placas e pisos táteis. Foi utilizada a técnica de computação gráfica.


ABOUT THE STAMPS


This issue is made up of two stamps, in the form of Se-tenant, highlighting urban scenes in which the means of locomotion and the various options of mobility-car, bicycle and subwayare harmoniously and adhering to the requirements of comfort, safety and sustainability. The first stamp highlights the VLT, representing the collective transport on rails, and other forms of locomotion as the skateboard and the bus, in the process allowing easy wheelchair access for people with motor difficulties. The second stamp, displayed the respect for people, where cars and cyclists stop at the crosswalk, in scenario that points to the possibility of using the subway. In the background, people are on the way with developed marked facility, with plates and tactile floors. The technique of computer graphics was used.


DETALHES TÉCNICOS


Edital nº 19

Fotos: Adriana Shibata

Processo de Impressão: ofsete

Folha: 24 selos

Papel: cuchê gomado

Valor facial: R$ 1,70

Tiragem: 480.000 selos, 240.000 de cada

Área de desenho: 26mm x 44mm

Dimensão do selo: 21mm x 41,5mm

Picotagem: 11,5 x 11

Data de emissão: 22/09/2016

Local de lançamento: Brasília/DF

Impressão: Casa da Moeda do Brasil

Versão: Departamento de Relações Institucionais e Comunicação/Correios

Código de comercialização: 852012276


TECHNICAL DETAILS


Stamp issue nº 19

Photos: Adriana Shibata

Print system: offset

Sheet size: 24 stamps

Paper: gummed chalky paper

Face value: R$ 1.70

Issue: 480,000 stamps, 240,000 of each

Design area: 26mm x 44mm

Stamp dimension: 21mm x 41,5mm

Perforation: 11.5 x 11

Date of issue: September 22nd, 2016

Place of issue: Brasília/DF

Printing: Brazilian Mint

English version: Department of Institutional

Relations and Communication/Correios Brasil

Code: 852012276


Mobilidade Urbana Sustentável no Brasil

Um desafio para todos


No sistema de transporte urbano brasileiro podemos contar com diversas modalidades de transporte: aéreo, fluvial e terrestre, acrescentando-se as balsas, as canoas e os barcos utilizados em cidades litorâneas, principalmente, no norte do país. Os bondes e os trens caracterizam uma herança cultural e histórica de algumas cidades brasileiras.

As linhas de metrô e trem foram projetadas para desafogar o trânsito nos trechos que ligam o centro às periferias de cidades circunvizinhas. Em geral, os trens contam com vagões destinados a oferecer aos usuários a comodidade e a segurança necessárias ao traslado de seus equipamentos de locomoção, sem a preocupação com trânsito tumultuado ou longos percursos a pé. Em qualquer meio de transporte urbano, é esperado que o usuário possa conduzir o que considera importante para a sua locomoção e/ou atividade recreativa como bicicleta, patim, skate e patinete.

É possível fazer a integração entre os transportes, com uma única passagem, garantindo o percurso de casa para o trabalho, por exemplo, com mais dinamismo, segurança e comodidade. Existem vagões exclusivos para as mulheres nas horas de pico, proporcionando-lhes conforto e dignidade durante o trajeto, iniciativa que tem ganhado força a partir da experiência paulistana. Os assentos reservados a portadores de deficiência, obesos, idosos, grávidas ou pessoas com crianças de colo são devidamente sinalizados e bem distribuídos, fortalecendo a cultura do respeito e do bem-estar do cidadão. O recém-inaugurado BRT - us Rapid Transit - sistema de transporte público baseado no uso de ônibus, apresenta-se como uma alternativa similar ao VLT – Veículo Leve sobre Trilhos - que, juntos, atendem moradores de algumas cidades do país, com ônibus maiores, confortáveis, climatizados e mais rápidos, com vias de trajeto exclusivas.

Há cidades em que as ilhas de atendimento virtual possibilitam a consulta de linhas de ônibus, horários e paradas. A consulta pode ser feita no próprio site ou por meio de aplicativos para celular, que avisam até quando o transporte está chegando, oferecendo mais comodidade aos usuários. O acesso à internet wi-fi é possível em alguns ônibus e, também, nas estações e nos terminais do metrô. É muito comum ver os passageiros conectados, nos boxes, enquanto aguardam pelos veículos que os transportarão aos seus destinos. Os usuários também possuem meios alternativos para utilizar. Um deles é um projeto que disponibiliza pontos de estacionamento de bicicletas em diversos locais das principais cidades metropolitanas como Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Esses pontos tornaram-se um meio alternativo, popular, prático e saudável para muitos usuários do transporte público. Ciclovias repavimentadas e bem sinalizadas oferecem mais comodidade aos ciclistas e aos motoristas também. No Dia Mundial sem Carro, 22 de setembro, os principais movimentos de mobilidade urbana desenvolvem atividades para promover e informar a população em geral sobre as diversas alternativas de locomoção nas cidades.

As famosas tesourinhas de Brasília são exemplos de fluidez no trânsito, juntamente com as passagens subterrâneas, que dispensam o uso do semáforo, permitindo o tráfego mais livre nas vias que lhes dão acesso. O conceito de mobilidade sustentável fundamenta-se na melhoria do transporte público, contribuindo para a redução do uso dos carros comuns e da poluição, com o propósito de oferecer aos usuários serviços mais humanizados, com custos reduzidos e trajetos cada vez menores e confortáveis. Já existem alternativas em curso nas cidades de Curitiba e Rio de Janeiro, que estão sendo, a cada dia, aprimoradas, como ônibus completamente movidos a biodiesel ou energia elétrica.

Com a participação de todos, será possível garantir um modelo de mobilidade mais sustentável para o Brasil.


Professora Drª Izabel Zaneti

Coordenadora Geral do Núcleo da Sustentabilidade da Universidade de Brasília Antônio José Alves Neto

Graduando em Ciências Ambientais


Sustainable Mobility

Sustainable urban mobility in Brazil, a challenge for all!



The Brazilian urban transport system can count on various modes of transport: air, land and river, adding the rafts, canoes and boats used in coastal towns, mainly in the North of the country. Trams and trains feature a historical and cultural heritage of some Brazilian cities. The subway and train lines were designed to wreak traffic excerpts that connect the Centre to the outskirts of surrounding cities. In general, the trains have cars designed to offer users the convenience and security necessary for the transfer of equipment, without the worry of tumultuous or long transit routes on foot. In any means of transport, it is expected that the user can drive what it considers important to its locomotion and/or recreational activity like bike, skates, skateboard and scooter.

Is it possible to make the integration between transport, with a single pass, ensuring the route from home to work, for example, with more dynamism, safety and comfort. There are women-only cars at peak hours, providing them with comfort and dignity during the journey, an initiative that has gained strength from the experience.

The seats reserved for the disabled, elderly, pregnant women and obese people with infants are properly marked and well distributed, strengthening the culture of respect and the well-being of the citizen.

The newly opened BRT- us Rapid Transit - public transport system based on the use of the bus, presents itself as an alternative similar to the VLT – Light Rail Vehicle – which, together, meet residents of some cities in the country, with larger, comfortable, air conditioned bus and faster, with exclusive routes. There are cities where the virtual service Islands make it possible to consult bus lines, schedules and charts. The consult can be made on the site or through mobile applications, which warn even when the transport is coming, offering more convenience to the users. Wi-fi internet access is possible in some bus stations and subwayterminals. It is very common to see passengers connected, trackside, while waiting for the vehicles who will bring them to their destinations. Users also have alternative means to reach their destinations. One of them is a project that provides bicycle parking points in various locations of the major metropolitan cities such as Brasilia, Rio de Janeiro and São Paulo. It became an alternative medium, popular, practical and healthy for many users of public transport. Cycle paths resurfaced and well marked offer more comfort to cyclists and motorists as well.

On the World Car Free Day, September 22nd, the main urban mobility movements develop activities to promote and inform the general public about the various alternatives of locomotion in the cities. The famous Cloverleafs of Brasilia are examples of traffic fluidity, along with the underground passages, allowing the use of semaphore, allowing more free traffic in ways that give them access. The concept of sustainable mobility is based on the improvement of public transport, thus contributing to the reduction in the use of common cars and pollution, with the purpose of offering users more humanized services, with reduced costs and smaller and more comfortable routes. Current alternatives already exist in the cities of Curitiba and Rio de Janeiro, being, every day, enhanced, like buses completely powered by bio-diesel or electric power. With the participation of all, it will be possible to ensure a more sustainable mobility model for Brazil.


Professora Drª Izabel Zaneti

General Coordinator of the Sustainability Core at the University of Brasilia - UnB Antonio José Alves Neto

Majoring in Environmental Sciences



0 visualização

Filatelia é colecionar selos!

© 2020 por SOCIEDADE PHILATELICA PAULISTA

  • Instagram B&W
pwo-logo.gif