Dom Pedro 200 Reis – Existe um subtipo? - Atualização

Denis Forte*


Em meu artigo anterior propus a existência de um subtipo no 200 Réis. A ideia desse novo artigo é explorar a possibilidade de uma quebra de chapa, ainda inédita, pois não se encontra nos estudos de Santos (1988).


Como sabemos, o 200 Réis foi emitido denteado e percê, conforme figura abaixo.

Imagem 1 - 200 Reis Denteado e Percê

Em minha versão do artigo a respeito da possível existência de subtipos, apontei a

imagem 2 a seguir como busca de evidências.


Imagem 2 - Detalhes do canto inferior esquerdo e do Centro com o “ponto” de centralização

Na imagem 3, um detalhe do canto.


Na imagem 3, um detalhe do canto.

Agora a nova questão, que pode ou não estar relacionada com a existência de um

subtipo.


Abaixo a imagem 4 com a prova em papel fino, denominado papel Índia.

Figura 4 – Quadra da prova em papel fino

Na figura 5 destacamos a prova e o scan do selo do filatelista especialista José Renato

Souza, de um selo de sua coleção.


Figura 5 – Detalhe do selo com risco no canto em V (ou quebra de chapa?)

Posição inferior esquerda da quadra da prova e selo denteado de José Renato Souza.

Podemos verificar que a prova tem um “V” enquanto o selo tem apenas a haste inicial.


Aguardamos novos selos e achados para avançar no estudo.


Referencial

Meyer, Peter. RHM – Catálogo RHM 2019. Editora RHM.

Santos, Ruy. Estudo de Emissão de Dom Pedro II – 1866 – 1876. Impressão Particular

Ruy Santos, 1988.


*Denis Forte é pós Doutor em Administração de Empresas por Strathclyde (UK),

professor do PPGA da UPM e filatelista que contribui tecnicamente com publicações e

artigos na Filabras, Febraf e SPP entre outras.


Distribuição autorizada desde que devidamente citadas as fontes e as descobertas.

36 visualizações

Filatelia é colecionar selos!

© 2020 por SOCIEDADE PHILATELICA PAULISTA

  • Instagram B&W
pwo-logo.gif