Filatelia é colecionar selos!

© 2019 por SOCIEDADE PHILATELICA PAULISTA.

  • Instagram B&W
pwo-logo.gif

Consumo Consciente de Água e Energia Elétrica


Os Correios colocarão em circulação, no dia 15 de junho, dois selos referentes ao consumo consciente de água e de energia elétrica. Essa emissão teve o Ministério do Meio Ambiente e o Ministério das Minas Energia como parceiros dos Correios para realização do projeto.

Hoje é preciso reavaliar nosso comportamento frente aos recursos disponíveis e modos de consumo. A cada dia precisamos ser mais criteriosos na forma como consumimos água e energia e, assim, buscar contribuir para um mundo mais equilibrado – com menos desperdício e desgaste para o meio ambiente.

Consumo consciente: eu penso no meio ambiente.

SOBRE OS SELOS

Os selos apresentam desenhos de cenas que objetivam a racionalização do consumo de água e energia elétrica, ou seja, o consumo consciente desses  recursos. O primeiro selo apresenta a foto de uma torneira, como um símbolo do  consumo de água. Uma seta indica o movimento que deve ser feito para fechá-la.  Outros desenhos feitos com caneta esferográfica, representam dicas de  redução do consumo de água: aproveitamento da água da chuva, varrer o  pátio ao invés de lavá-lo, escovar os dentes com a torneira fechada, ensaboar-se  com o chuveiro fechado, consertar vazamentos, lavar veículos e  regar plantas sem usar mangueira. O segundo selo mostra, ao centro, uma lâmpada, como símbolo do consumo de eletricidade e, ao fundo, o desenho do sol, fonte maior de luz. Os demais desenhos sugerem dicas importantes: apagar  as luzes em ambientes vazios, usar eletrodomésticos mais econômicos, usar o  chuveiro elétrico na posição VERÃO ou equivalente e desplugar, sempre que  possível, aparelhos elétricos das tomadas, evitando a posição de espera, o stand  by, remetendo à otimização da economia de energia elétrica. Foram  utilizadas fotografias e a técnica de ilustração, arte finalizada com uso de  computação gráfica.


ABOUT THE STAMPS

The stamps feature scenes designs that aim to rationalize the consumption of water and electricity, that is, the conscious consumption of resources. The first stamp shows a picture of a tap, as a symbol of water consumption. An arrow shows the movement is to be done to close it. Other drawings made with a ballpoint pen, represent water consumption reduction tips: rainwater utilization,  sweep the courtyard rather than wash it, brush your teeth with the tap closed,  lather up with enclosed shower, fix leaks, washing vehicles and watering plants  without using hose. The second stamp shows, the center, a light bulb as a  symbol of electricity consumption and, in the background, the sun design, larger  light source. Other drawings suggest important tips: turn off the lights in empty  rooms, using more economical appliances, use the electric shower in the SUMMER  position or equivalent and unplugging, whenever possible, electrical appliances  from electrical outlets, avoiding the waiting position, stand by, referring to the  optimization of the energy economy. Photographs and illustration technique, art completed with the use of computer graphics were used.



DETALHES TÉCNICOS

Edital nº 6

Artes: Ariadne/Meik

Processo de Impressão: ofsete

Folha: 24 selos

Papel: cuchê autoadesivo

Valor facial: R$ 2,10 cada selo

Tiragem: 480.000 selos

Área de desenho: 34mm x 24mm

Dimensão dos selos: 40mm x 30mm

Picotagem: semicorte

Data de emissão: 15/06/2016

Local de lançamento: Brasília/DF

Impressão: Casa da Moeda do Brasil

Versão: Departamento de Gestão Cultural/Correios.

Código de comercialização: 852012144


TECHNICAL DETAILS

Stamp issue n. 6

Stamps art: Ariadne/Meik

Print system: offset

Sheet size: 24 stamps

Paper: self adhesive chalky

Face value: R$ 2,10 each stamp

Issue: 480,000 stamps

Stamp design area: 34mm x 24mm

Stamps dimension: 40mm x 30mm

Perforation: cut to shape

Date of issue: June 15th, 2016

Place of issue: Brasília/DF

Printing: Brazilian Mint

English version: Department of Cultural Management/Correios Brasil.

Code: 852012144


Consumo Consciente de Água e Energia Elétrica


Nesta emissão, os Correios abordam a importância do consumo consciente de água e energia elétrica, estimulando as práticas sustentáveis nas atitudes diárias. Consumo Consciente de Água O Brasil é um país muito rico em água. Basta dizer que somos guardiões de quase 13 mil rios. Apenas a região Norte  armazena 68,5% dos recursos hídricos brasileiros disponíveis. Apesar de tanta fartura, algumas partes do território brasileiro sofrem com sua falta ou limitação, incluindo uma parte do Norte, além de vários lugares do Nordeste e Sudeste.

É bom lembrar que água é bem finito. E, em tempos de escassez, a ordem é poupar, reutilizar e reciclar, evitando desperdícios que custam caro aos brasileiros e ao meio ambiente. A situação é preocupante, pois 36,7% da água potável distribuída se perdem antes de chegar às torneiras. A poluição é outro  problema grave. Rio não é depósito de lixo e sujeira, mas é nele que muitas  cidades despejam seus esgotos. A triste realidade mostra que 59,2% desses  dejetos são jogados nas águas correntes sem qualquer tipo de tratamento,  inclusive nos municípios do interior.

É claro que, em boa parte dos casos, pode-se reverter a situação. Mas é necessário uma consciência coletiva em torno da solução, começando por não  jogar sujeira no rio; aparando água da chuva para regar plantas, lavar o carro,  limpar pisos e calçadas; reutilizando, na limpeza em geral, água do chuveiro, do  tanque, da máquina de lavar roupas e da pia da cozinha; escovando os dentes  com a torneira fechada; reduzindo o tempo de banho; e eliminando os  vazamentos em casa. Cada minuto sob o chuveiro manda pelo ralo 15 litros de  água. A descarga do vaso sanitário leva embora até 16 litros. Lavar o carro,  numa tarde de domingo, consome outros cem litros. Torneira aberta e lá se vão  11 litros na escovação dos dentes. Para não faltar, é preciso reduzir e economizar.

Ministério do Meio Ambiente

Consumo Consciente de Energia Elétrica


Desde sua criação em 1985, o Programa Nacional de Conservação de Energia  Elétrica (Procel), coordenado pelo Ministério de Minas e Energia e executado pela  Eletrobras, já contribuiu para economizar mais de 80 bilhões de kWh de energia  elétrica. O Selo Procel foi criado para orientar o consumidor na hora de comprar  eletrodomésticos que gastem menos energia e incentivem a competitividade na  indústria e o desenvolvimento tecnológico na busca de maior eficiência energética  dos aparelhos elétricos. O Selo é sinônimo de qualidade, segurança e  sustentabilidade. Mas o consumidor também pode fazer sua parte para usar a energia de maneira consciente, com medidas simples. São elas:


• Avaliar o serviço de manutenção predial nos sistemas de iluminação

e climatização garantindo que lâmpadas e luminárias sejam mantidas

limpas para permitir a reflexão máxima da luz;

• Ligar sistemas de iluminação somente onde não haja iluminação natural

suficiente;

• Usar preferencialmente luminárias abertas, retirando, quando possível,

o protetor de acrílico, o que possibilita a redução de até 50% do

número de lâmpadas sem perda da qualidade do iluminamento;

• Manter as janelas e portas fechadas, evitando a entrada de ar externo

nos ambientes climatizados;

• No verão ou em dias quentes desligar o chuveiro;

• Substituir lâmpadas por outras mais eficientes e apagar as lâmpadas

em ambientes que não estejam sendo utilizados;

• Desligar equipamentos e lâmpadas que não estejam em uso.


Ministério de Minas e Energia


Conscious Consumption of Water and Electricity


In this issue, the Brazilian Post address the importance of conscious water and   electricity consumption, encouraging sustainable practices in daily attitudes. Water Consumption Conscious Brazil is a country very rich in water. Suffice it to   say that we are guardians of almost 13 000 rivers. Only the North holds 68.5% of locally available water resources. Despite such abundance, some parts of Brazil   suffer from a lack or limitation, including a part of the North, as well as several places in the Northeast and Southeast.

Remember that water is very finite. And in times of scarcity, the order is to save, reuse and recycle, avoiding wastes that are expensive to Brazilians and to the environment. The situation is worrying, since 36.7% of the drinking water distributed is lost before reaching the taps.

Pollution is another serious problem. River is not the dump and dirt, but is it that many cities dump their sewage. The sad reality is that 59.2% of waste is thrown into running water without any treatment, even in inland municipalities. Of course, in most of the cases, we can reverse the situation. But a collective awareness is needed about the solution, starting not to play in the dirt river; trimming rainwater for watering plants, washing the car, cleaning floors and sidewalks; reusing, cleaning in general, shower water tank, the washing machineand the kitchen sink; brushing your teeth with the tap closed; reducing the bath time; and eliminating leaks at home. Every minute under the shower sends the drain 15 liters of water. The flushing the toilet takes away up to 16 liters. Wash the car, on a Sunday afternoon, consumes another hundred liters. Water tap open and lose 11 liters in brushing teeth. Not to miss, it is necessary to reduce and save.


Ministry of the Environment

Conscious Consumption of Electricity


Since its inception in 1985, the National Program for Energy Conservation (Procel), coordinated by the Ministry of Mines and Energy and executed by Eletrobras, has already helped to save more than 80 billion kWh of electricity. Procel Seal was created to guide consumers when buying appliances that spend less energy and encourage competitiveness in the industry and technological development in the search for greater energy efficiency of electrical appliances. The Seal is synonymous with quality, safety and sustainability. But consumers can  also do their part to use energy in a conscious way, with simple attitudes.  Are they:


• Assess the building maintenance service in lighting systems and air

conditioning ensuring that light bulbs and luminaires to be kept clean

to allow maximum reflection of light;

• Connect lighting systems only where there is not enough natural light;

• Preferably use open fixtures, removing, where possible, the acrylic

shield, which enables the reduction of up to 50% of the number of light

bulbs without loss of quality of illuminance;

• Keep windows and doors closed, preventing the external air to enter

the air-conditioned places;

• In the summer or on hot days off the shower;

• Replace light bulbs with more efficient ones and turn off the the light

bulbs in places that are not being used;

• Turn off equipment and light bulbs that are not in use.


Ministry of Mines and Energy

1 visualização