A SPP - Sociedade Philatélica Paulista - está em atividade desde sua fundação, em 30 de abril de 1919, é regida pelo atual estatuto aprovado em 2005, conforme determinações contidas no Novo Código Civil Brasileiro. É a primeira entidade filatélica em funcionamento ininterrupto no País, desde sua fundação. Desde a histórica reunião de sua fundação na casa de William Edward Lee, seu primeiro presidente, até os dias de hoje, a SPP tem vivido momentos de glória e prestígio, como também passado por períodos difíceis. Provavelmente a maioria absoluta dos colecionadores de selos mais destacados do Brasil estiveram ou estão associada à SPP.
 
 
O conjunto de seus trabalhos de estudos e pesquisas lhe valeu a denominação de "Academia Brasileira de Filatelia".

A reunião de fundação da SPP, em 1919, contou com a presença de 10 pessoas que, junto aos outros 30 que se inscreveram posteriormente, foram considerados Fundadores da SPP. Ao final daquele ano já contavam com 62 associados.

Lista dos associados fundadores da SPP:

1- William Edward Lee

2- Dr. Mario de Sanctis

3- José Victor Buccione

4- Ernesto de Chelmicki

5- Dr. J. V. Costa Valente

6- Abrão Braga

7- Lívio Zappaaroli

8- Dr. Alexander Bücken

9- Leonardo Schweitzer

10- Dr. Synesio Rangel Pestana
11- José Kloke

12- Américo de Barros

13- Heitor Sanches

14- J. d´Almeida Soares

15- Henrique Vanorden

16- Dr. Guilherme Rubião

17- Francisco Reimão Hellmeister

18- Alexandre Bech

19- Carlos M. Steinberg

20- W. G. Stevens
21- Dr. Augusto Ferreira de Castilho

22- Paul Max Regitz

23- Antonio de Paiva Foz

24- Luiz Levy

25- Alberto Azevedo

26- Dr. Joaquim A. Suzano Brandão

27- Alfredo Weiszflog

28- Guido Frioli

29- Dr. Arnaldo Pedroso

30- Dr. José Carlos de Macedo Soares
31- José Fernando Macedo Soares

32- Otto Schodtmann

33- Eduard Rudolff

34- Raul Martins Ferreira

35- Edgar Conceição

36- José Gomes Veiga

37- Otto Stuck

38- Agostinho da Silva

39- Simão Heinsfurten

40- Coronel J. J. Raposo

Foram associados da SPP, e muitos deles seus dirigentes, personalidades importantes da Filatelia Brasileira como Paulo Ayres, José Kloke, Roberto Thut, Heitor Sanchez, Egon Baade, Helmut Ponge, Horst Flatau, Mario de Sanctis, Elisiario da Cunha Bahiana, Humberto Cerruti, Werner Ahrens, Angelo Antonio Zioni, Karl Lothar Jaschke, Heinz H. Lehfeld, Reynaldo Bruno Pracchia, Niso Vianna, Itamar Bopp, Francisco da Nova Monteiro, Geraldo Souza Brito, J. L. de Barros Pimentel, e muitos outros renomados filatelistas.
 
 
Após as primeiras reuniões na residência de William E. Lee, na Rua Santo Antônio 83, a SPP instalou-se numa sala alugada à rua Líbero Badaró 142, em julho de 1919. Daí até a aquisição da primeira sede própria, em agosto de 1958, na Av. São João 35, 18º andar (Edifício Martinelli), a SPP passou por oito sedes diferentes. No antigo Martinelli a SPP permaneceu por 14 anos. Por inadequação do ambiente do então decadente edifício foi decidido a mudança para nova sede própria. Em novembro de 1971 a SPP instala-se definitivamente em sua ampla sede atual, no Largo do Paissandu 51, 17º andar, São Paulo, SP.
 
 
Em 1934 a SPP viveu uma crise bastante séria, quando numerosos sócios, inclusive fundadores e ex-presidentes, retiraram-se do quadro social para fundar a Sociedade Philatélica Bandeirante.

Durante sete anos coexistiram em São Paulo as duas associações com programas idênticos, inclusive revistas de ótima qualidade, porém de manutenção onerosa, com evidente desperdício de forças. Impunha-se a fusão das duas sociedades que, felizmente, ocorreu em novembro de 1940, mantendo-se o nome de Sociedade Philatélica Paulista.

O quadro social apresentou-se sempre extremamente variável, diminuindo nas épocas de crises econômicas e crescendo animadoramente em períodos posteriores.

Por volta de 1947 a SPP tinha mais de 300 associados.

Após a inauguração da atual sede própria, localizada no Largo do Paissandu, 51, décimo sétimo andar, na data de novembro de 1971, a SPP fixou sua sede que, anteriormente, no decorrer de sua existência, mudou 12 vezes de endereço. Leia matéria sobre as sedes da SPP - CLIQUE AQUI

No decorrer dos 90 anos da fundação da SPP, muito carimbos foram lançados em homenagem a SPP, iniciando a carimbologia com a comemoração do vigésimo aniversário, em 30 de abril de 1932, finalizado, por enquanto, nas festividades do nonagésimo aniversário, na exposição dos 90 anos, realizado no período de 01 a 08 de agosto de 2009. Leia a matéria sobre os carimbos da SPP - CLIQUE AQUI

Conduziram a SPP desde sua fundação até hoje, 53 diretorias regularmente eleitas e empossadas, para gestões de um ou dois anos cada, conforme o estatuto, na época da eleição.

Em 2009 a SPP comemorou seus 90 anos de fundação e de serviçoselia, sem interrupção.

Na data de 01 a 08 de agosto ocorreu a exposição dos 90 anos da SPP, com lançamento do carimbo comemorativo ao evento, medalha aos participantes da exposição, entregue 8 de novembro de 2009.

 
 
Na festa de encerramento das atividades filatélicas de 2009, em 19 de dezembro, os associados mantenedores, diretoria e associados de verdadeira expressão, receberam a medalha comemorativa dos 90 anos da SPP.
 

Presidentes da SPP

 
  • 1919 á 1923 - William Edward Lee

  • Raul de Almeida Prado-1923 á 1924

  • 1925 á 1930 - William Edward Lee

  • Marcelo Dall'Ovo - 1930 á 1931

  • 1931 á 1932 - Luiz H. Levy

  • Edgar Conceição -1932 á 1933

  • 1933 á 1934 - Nicolau Ancona Lopez

  • Evaristo da Veiga - 1934 á 1935

  • 1935 á 1936 - Mario Carneiro da Cunha

  • Humberto Cerruti - 1936 á 1938

  • 1938 á 1940 - Mario de Sanctis

  • Itamar Bopp - 1940

  • 1940 á 1945 - Paulo Ayres

  • Francisco da Nova Monteiro - 1945 á 1946

  • 1946 á 1952 - Humberto Cerruti

  • Niso Vianna - 1952 á 1958

  • 1958 á 1960 - Itamar Bopp

  • Heitor Sanchez - 1960 á 1962

  • 1962 á 1968 - Humberto Cerruti

  • Horst Flatau - 1968 á 1970

  • 1970 á 1973 - Heinz H. Lehfeld

  • Humberto Cerruti - 1974 á 1979

  • 1980 á 1981 - Heinz H. Lehfeld

  • Geraldo de Souza Brito - 1982 á 1987

  • 1988 á 1991 - Mario Xavier Jr.

  • Horacio Matos da Silva - 1992 á 1993

  • 1994 á 1995 - Ney Jorge

  • Sérgio Marques da Silva - 1996 á 1997

  • 1998 á 2001 - Mario Xavier Jr.

  • Sérgio Marques da Silva - 2002 á 2005

  • 2006 á 2009 - Antonio Georges Eleftheriou

  • Miguel Rodrigues de Magalhães - 2010 á 2013

  • 2014 á 2017 - Reinaldo Basile Junior