Apresentação Grupo de Estudos “Correspondências em tempo de Guerra” – Brasil 1939/45
18/09/2017
Atividades SPP/Mackenzie 2017
25/09/2017
Exibir tudo

Série América-Upaep – Lugares Turísticos

    

      

SOBRE OS SELOS

Os cinco selos, no contexto da Série América-Upaep, destacam belos lugares turísticos, mostrando cinco paisagens representativas de cada região brasileira: Monte Roraima/RR (região norte), Maragogi/AL (região nordeste), Chapada dos Veadeiros/GO (região centro-oeste), Foz do Iguaçu/PR (região sul) e Armação dos Búzios/ RJ (região sudeste). Os selos retratam a beleza natural desses locais, reconhecidos, por suas peculiaridades e atrativos, como notáveis lugares turísticos do Brasil. A água, nosso maior recurso natural, é o elemento comum em todas as  paisagens focalizadas. Foram usadas fotografias e a técnica de computação gráfica na composição da arte.

ABOUT THE STAMPS

The five stamps, within the context of the America-Upaep Series, highlight wonderful touristic sites, showing five landscapes that represent each Brazilian region: Mount Roraima/RR (North region), Maragogi/AL (Northeast region), Chapada dos Veadeiros/GO (Midwest region), Foz do  Iguaçu/ PR (South region) and Armação dos Búzios/RJ (Southeast region). The stamps portrait the natural beauty of those places, recognized by their peculiarities and attractions, as outstanding touristic areas in Brazil. Water, our greatest natural resource, is the common element in all focused landscapes. Photography with graphic computing technique was used in the composition of art.

DETALHES TÉCNICOS

Edital nº 10
Fotos: Ministério do Turismo
Processo de Impressão: ofsete
Folha: 20 selos (4 quintilhas)
Papel: cuchê gomado
Valor facial: R$2,00
Tiragem: 500.000 selos
Área de desenho: 38mm x 38mm
Dimensão do selo: 38mm x 38mm
Picotagem: 11,5 x 11,5
Data de emissão: 27/09/2017
Locais de lançamento: Foz do Iguaçu/PR e São Paulo/SP
Impressão: Casa da Moeda do Brasil
Versão: Departamento de Varejo e Outros Negócios/Correios
Código de comercialização:852012500

TECHNICAL DETAILS

Stamp issue N. 10
Photos: Ministry of Tourism
Print system: offset
Sheet: 20 stamps (4 sets of 5 stamps)
Paper: gummed chalky paper
Facial value: R$2.00
Issue: 500,000 stamps
Design area: 38mm x 38mm
Stamp dimensions: 38mm x 38mm
Perforation: 11.5 x 11.5
Date of issue: September 27th , 2017
Places of issue: Foz do Iguaçu/PR and São Paulo/SP
Printing: Brazilian Mint
English version: Department of Retail and Trade/Correios Brasil
Code: 852012500

Série América-Upaep – Lugares Turísticos

Os Correios, em parceria com o Ministério do Turismo, destaca, nesta emissão da Série América- Upaep, cinco belos lugares turísticos dos estados de Roraima, Alagoas, Goiás, Rio de Janeiro e Paraná, representando cada uma das regiões brasileiras. Monte Roraima/RR – Lendário, inatingível, misterioso, são alguns dos adjetivos que vêm à mente dos turistas ao conhecerem o Monte Roraima. Essa maravilha natural está entre as montanhas mais altas do País, com mais de 2.500 metros. Preservado por meio de um Parque Nacional de mesmo nome, este atrativo fica situado no município de Pacaraima, extremo norte de Roraima, a cerca de 190 km da capital Boa Vista, e marca a fronteira tríplice entre Brasil, Venezuela e Guiana. A formação rochosa do Monte Roraima é uma das mais antigas do planeta, com idade estimada em mais de 2 bilhões de anos. Sua forma se parece com uma mesa, denominada pelos povos indígenas locais de tepuí. Com 2.875m de altitude e uma paisagem recortada por rios, cascatas e formações rochosas. Para acessar o parque é necessária a orientação de guias locais, para que seja possível percorrer com segurança suas trilhas, a principal delas, ao pé das montanhas, requer oito dias para ser coberta, com paradas no Rio Tek e no Lago Gladys. Mas o desafio vale a pena, e não apenas para turistas mais preparados fisicamente, pois o local já foi citado diversas vezes como o melhor lugar para se realizar trekking no País. Maragogi/AL – No litoral norte de Alagoas está a cidade de Maragogi, a cerca de 124 km da capital Maceió. O turismo, que é a principal atividade local, fez com que a cidade se estruturasse sem perder suas características originais e suas tradições, como a pesca artesanal e a fabricação de bolinhos de goma feitos com manteiga e leite de coco. A mescla dessas características com a beleza de suas praias fizeram de Maragogi um destino muito procurado da região e dono do segundo maior polo turístico do Estado. A cidade nasceu a partir de um povoado conhecido como Gamela, que passou a se chamar Isabel em 1887. Cinco anos depois recebeu o nome atual herdado do principal rio que atravessa a região. Maragogi fica bem no meio da Costa dos Corais, fascinante trecho do litoral nordestino entre Maceió e Recife. No município de Maragogi, destacam-se os espaços naturais repletos de coqueirais, como as praias de Barra Grande, Peroba, São Bento e Burgalhau. O mar calmo dessas praias, na cor azul-turquesa, é ideal para o mergulho contemplativo, especialmente nas piscinas naturais formadas pelos recifes. A praia mais movimentada da cidade é a Praia Central, que faz parte da Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais. Dali partem embarcações que vão até as Galés, formações de corais com aquários naturais que reúnem peixes, crustáceos, moluscos e corais de variadas espécies, ideais para observação com o uso de snorkel. Chapada dos Veadeiros/GO – Declarado como  patrimônio Natural pela Unesco, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foi criado em 1961,em Alto Paraíso de Goiás, e tem como objetivo maior proteger uma porção do Cerrado brasileiro. Localizado na área mais alta do centro-oeste brasileiro, a Chapada dos Veadeiros é um espetacular destino ecoturístico formado por cidades e vilarejos bem diferentes uns dos outros, mas com uma coisa em comum: a natureza encantadora, emocionante e bela. Com quase 66 mil hectares de área, a Chapada dos Veadeiros é famosa por suas grandes cachoeiras, profundos cânions de águas cristalinas e uma imensidão de quartzo. Veadeiros é parte do maior planalto do centro do Brasil, o que faz com que sua formação rochosa, exposta às alterações climáticas e erosão constante por cerca de 1,8 bilhões anos, seja das mais antigas da superfície do planeta. É ponto de maior  luminosidade visto da órbita da Terra, segundo pesquisa da NASA (a agência espacial americana), por causa de seus cristais de quartzo. Sendo a parte mais alta do centro-oeste, Veadeiros atinge opico na Serra do Pouso Alto, bem próximo da área urbana de Alto Paraíso. Influência dessas características, de junho a agosto os dias são quentes e ensolarados e as noites frias. A Chapada tem como bioma o Cerrado, uma espécie de savana brasileira. Além dos belos cenários de cachoeira e uma flora que soma mais de 1.400 espécies identificadas, com árvores cascudas e de tronco retorcido para sobreviverem às queimadas e ao intenso calor, também é possível encontrar cerca de 340 espécies de aves e entre elas, cerca de 50 são classificadas como raras, endêmicas ou sob risco de extinção na área. Foz do Iguaçu/PR – Foz do Iguaçu é um dos mais belos cartões-postais do País, graças ao turbilhão de águas que cria um espetáculo inigualável: 275 saltos que formam as Cataratas do Iguaçu. Localizado no extremo oeste do Estado do Paraná, o Parque Nacional do Iguaçu fica na divisa entre Brasil e Argentina e atrai visitantes de todo o mundo principalmente os apaixonados por ecoturismo. Donas de uma vista exuberante, as Cataratas acumulam diversos títulos mundiais, foram selecionadas como uma das 7 maravilhas naturais do mundo, declaradas Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco e compõem a maior reserva de floresta pluvial subtropical do mundo. Esse rico ecossistema, que abriga espécies da fauna e da flora ameaçadas de extinção, como a onça-pintada e a araucária, encanta os turistas que buscam apreciar a mata exuberante e caminhar por passarelas que levam a poucos metros da maior das quedas d’água, a Garganta do Diabo, com 90 m de altura. Famosa pelas quedas d’água, Foz do Iguaçu também é um convite ao rafting, modalidade esportiva na qual se utilizam botes infláveis e equipamentos de segurança para descer corredeiras e quedas. Os percursos começam, geralmente, próximos às monumentais Cataratas. Outra atração de Foz é o Parque das Aves, que conta com uma área de 17 hectares de mata nativa e 800 espécies de aves (arara-azul, arara jubas, jacutinga e outras) a serem observadas pelos visitantes. Armação dos Búzios/RJ – A 170 km do Rio de Janeiro está localizada Armação dos Búzios, nome oficial do município popularmente conhecido como Búzios, famoso balneário rodeado de mar verde e águas transparentes. Seu nome de batismo foi “ponta dos búzios”, devido à presença de numerosas conchas de moluscos gastrópodes em suas praias, utilizadas como adorno, ou ainda como buzina por pescadores da região, que anunciavam a mercadoria fresca pelas ruas da península. Na década de 60, o lugar se transformou em refúgio de veraneio de cariocas, até que a atriz Brigitte Bardot passasse por lá. A partir desse momento, a pequena vila de pescadores nunca mais foi a mesma: ganhou prestígio internacional, se transformou em badalado destino turístico internacional e deu impulso definitivo àquele que seria considerado um dos balneários mais charmosos do mundo, que passa a ser frequentado especialmente por franceses e argentinos. O centro da cidade cresceu muito nos últimos tempos, mas o ponto alto é a tradicional Rua das Pedras. Há bares para todos os gostos e restaurantes sofisticados, lojas elegantes e até um cinema com o nome da famosa atriz francesa. O balneário conta com mais de 15 praias e entre as principais estão as Praias de Geribá (reduto dos surfistas), da Ferradura (boa para mergulho livre), da Armação, Azeda, João Fernandes, entre outras.

Ministério do Turismo

America-Upaep Series – Tourist Attractions

Correios, in partnership with the Ministry of Tourism, highlights, in this issue, the America-Upaep  eries, five beautiful tourist attractions in the states of Roraima, Alagoas, Goiás, Rio de Janeiro and Paraná, representing each one of the Brazilian regions. Mount Roraima/RR – Legendary, unreachable, mysterious, are some of the adjectives that come to the mind of tourists when they face Monte Roraima. This natural wonder is among the highest mountains in the country, it is more than 2,500 meters high. Preserved by a homonymous National Park, this attraction is located in the city of Pacaraima, far north of Roraima, about 190 km from the State Capital Boa Vista, and marks the triple border between Brazil, Venezuela and Guyana. Mount Roraima, this rocky formation, is one of the oldest on the planet, estimated to be over 2 billion years old. Its shape resembles a table, term coined by the local indigenous peoples of Tepui. It has 2,875 m of altitude and a landscape cut by rivers, waterfalls and rock formations. The access to the park requires the orientation of local guides, so you can safely navigate through its trails, the main one at the foot of the mountains, requires eight days to be covered with stops on the Tek River and Gladys Lake. But the challenge is worth it, and not only for physically more prepared tourists, because the place has been quoted several times as the best place to go trekking in the country. Maragogi/AL – On the northern coast of Alagoas is the city of Maragogi, about 124 km from the State Capital Maceió. Tourism, which is the main local activity, has made the city structure without losing its original characteristics and traditions, such as small-scale fishing and the manufacture of gum dumplings made with butter and coconut milk. The combination of these characteristics with the beauty of its beaches made Maragogi a highly sought-after destination of the region and the second largest tourist attraction of the State. The town was born from a village known as Gamela, which became Isabel in 1887. Five years later it was given the current name inherited from the main river that crosses the region. Maragogi is right in the middle of the Coral Coast, a fascinating stretch of the Northeastern coast between Maceió and Recife. In the city of Maragogi, the natural spaces full of coconut trees stand out, such as the beaches of Barra Grande, Peroba, São Bento and Burgalhau. The calm sea of these turquoise beaches is ideal for contemplative diving, especially in the natural pools formed by coral reefs. The busiest beach in the city is the Central Beach, which is part of the Environmental Protection Area of the Coral Coast. From there depart boats that go to the Galés, which are coral formations with natural aquariums that gather fish, crustaceans, mollusks and corals of various species, ideal for observation using a snorkel. Chapada dos Veadeiros/GO – Declared as a Natural Heritage by Unesco, Chapada dos Veadeiros National Park was created in 1961 in Alto Paraíso de Goiás, and its main objective is to protect a portion of the Brazilian Cerrado ecoregion. Located in the highest area of central-western Brazil, the Chapada dos Veadeiros is a spectacular ecotourism destination composed by cities and villages very different one from another, but with one thing in common: the nature is thrilling, exciting and beautiful. With an area of almost 66,000 hectares, Chapada dos Veadeiros is famous for its great waterfalls, deep canyons of crystal clear waters and vastness of its quartz formations. Chapada dos Veadeiros is part of the Brazilian Highlands, which means that its rocky formation, exposed to climate change and constant  erosion for about 1.8 billion years, is one of the oldest on the planet. It is the brightest point seen from Earth’s orbit, according to NASA research, because of its quartz crystals. Being the highest part of the central-west region, Veadeiros reaches the peak in the Serra do Pouso Alto, very close to the urban area of Alto Paraíso. As an influence of these characteristics presented before, from June to August the days are hot and sunny and the nights are really cold. Chapada has the Cerrado biome, a sort of Brazilian savannah. In addition to the beautiful waterfall scenery and a flora that adds more than 1,400 identified species, with shaggy trunk trees that may survive burnings and intense heat, it is also possible to find about 340 species of birds and between them, about 50 of them are classified as rare, endemic or endangered species in the area. Foz do Iguaçu/PR – Foz do Iguaçu is one of the most beautiful postcards in the country, thanks to its waters that creates an unparalleled spectacle: 275 falls that form the Iguassu Falls. Located in the extreme west of the State of Paraná, the Iguaçu National Park is on the border between Brazil and Argentina and attracts visitors from all over the world, especially those who love ecotourism. With an exuberant view, the Falls accumulate several world titles, were selected as one of the 7 natural wonders of the world, were declared as a World Natural Heritage by Unesco and comprise the largest subtropical rainforest reserve in the world. This rich ecosystem, home to fauna and flora endangered species, such as the jaguar and araucaria, enchants the tourists who seek to enjoy the exuberant forest and walk through catwalks a few meters close to the largest of the waterfalls, A Garganta do Diabo (The Devil’s Throat), a 90-m high waterfall. Famous for its waterfalls, Foz do Iguaçu is also an invitation to rafting, a sport that uses inflatable boats and safety equipment to descend rapids and falls. The routes usually start near the Largest Falls. Another attraction of Foz do Iguaçu is the Parque das Aves, which has a 17 hectares area of native forest and 800 species of birds (hyacinth macaw, golden parakeet, jacutinga and others) to be observed by visitors. Armação dos Búzios/RJ – Armação dos Búzios is located at 170 km from Rio de Janeiro, the official name of the city popularly known as Búzios, a famous seaside resort town surrounded by green sea and transparent waters. Its baptismal name was “ponta dos búzios”, due to the presence of numerous shells of gastropod mollusks on its beaches, used as adornment, or even as a conch horn by fishermen of the region, who announced its fresh products through the peninsula streets. In the 60’s, the place became a vacation spot for the locals until the actress Brigitte Bardot went to Búzios. From then on, the small fishing village was never the same: it gained international prestige, became a popular international tourist destination and gave definite impetus to what would be considered one of the most charming seaside resort town in the world, which is now frequented, especially by the French and Argentineans. The city downtown has grown a lot in recent times, but the highlight is the traditional Rua das Pedras. There are bars for all tastes and sophisticated restaurants, elegant shops and even a cinema named after the famous French actress The seaside resort has more than 15 beaches, and among the main ones are the beaches of Geribá (commonly frequented by surfers), Ferradura (good for free diving), Armação, Azeda, João Fernandes, among others.

Ministry of Tourism


Edital 10/2017