Novo Aerograma Nacional – Selo Postal Natureza Viva
21/10/2011
Série Relações Diplomáticas: Brasil Sérvia
26/10/2011
Exibir tudo

“De como se inventou as perfurações em selos postais”

Pequena história da invenção dos picotes nos selos postais!

De como se inventou as perfurações em selos postais

Os primeiros selos do mundo, aqueles emitidos pela Inglaterra eram sem meios de separação. Foram emitidos em folhas com múltiplos desenhos dos selos e cortados das folhas com tesoura e assim é um pouco difícil encontrar exemplares que tenham quatro boas margens.

Conta uma história popular, simples tradição oral um tanto fantasiosa, se bem que nunca desmentida, que um homem, dado a bebedeiras e estando bastante bêbado naquele dia, havia comprado alguns selos e queria separar alguns para poder usar. Como não conseguia, devido a seu estado de embriagues, pegou um pequeno vazador de couros (um de seus instrumentos de trabalho, pois era seleiro) e, ali mesmo sentado na calçada, fez alguns buracos, no espaço de papel das margens dos selos e dessa forma conseguiu com facilidade separar os selos, rasgando-os pelos picotes.

No outro dia, já sóbrio e entusiasmado com o seu feito foi até a agência onde havia comprado os selos e mostrou ao funcionário dos Correios sua invenção. O Agente dos Correios encaminhou a idéia para as autoridades superiores, que depois de estudos puseram a invenção em prática, não com um simples vazador individual, mas com um pente vazador. Diz ainda a história popular que o governo premiou o picotador dos primeiros selos com boa quantia em dinheiro. A emissão de selos postais foi uma idéia que se propagou com bastante celeridade sendo que a picotagem deu maior agilidade no manuseio e venda dos selos. A picotagem é hoje é um dos elementos constitutivos do selo postal. O primeiro pente picotador era como mostramos na figura abaixo e perfurava coluna por coluna da folha de selos.

Quem quiser conhecer mais e muito melhor a Historia do sistema de perfuração e ver as figuras das máquinas que produzem esses meios de separação de selos e outros papeis nós sugerimos que consulte  http://www.knoph.com/stampnotes/html/perforation.html

Colaboração Sr. Julio Silvio de Souza Bueno