Palestra/ Raridades da França
26/06/2011
17º Encontro Paulistano de Filatelia – 02/07/2011
04/07/2011
Exibir tudo

Filatelia para Cegos

Filatelia para Cegos

Após participar de uma mostra filatélica no Colégio Mackenzie, no ano 2009, nas comemorações do Ano França-Brasil, algumas pessoas cegas que visitavam a exposição, demonstraram grande interesse e entravam monitoradas, mas como não poderia ser diferente até aquele momento, elas necessitavam de seus monitores para entender aquilo que estava sendo exposto. Então eu sensibilizado com a situação, tive a idéia de fazer uma coleção direcionada a estas pessoas com deficiência visual, coleção esta que seria colocada em um painel sem a proteção frontal de acrílico, logo os deficientes visuais poderiam através do tato, “tocar” os selos e peças diversas escritas em Braille, sistema este criado por Louis Braille na França no ano de 1825.
Recrutei todos os selos, cartas, editais, enfim tudo aquilo que eu tinha em minha coleção que fosse escrito em Braille. Juntei peças com efeitos gráficos emitidas no Brasil e também peças que comprei na Lubrapex 2009 realizada em Portugal. De posse de todo este material, o mais diversificado possível, pois tinham peças escritas em Braille e outras também com detalhes que uma pessoa cega pudesse identificar determinados selos. Utilizei selos com aroma de Café, Perfumes, selos brasileiros em alto relevo, Também cartões portugueses com aroma e sabor de chocolate, sorvete, inclusive um que tem uma lima ( ferramenta impressa no selo representando uma lima de limar ferro ) onde ao passar a unha o cego pode perceber e escutar o atrito do dedo com o selo, tudo isto impresso pelos Correios de Portugal, com alta tecnologia gráfica. Esta série de selos de Portugal chama-se: “Os Selos e os Sentidos”. Utilizei selos feitos com “Cortiça”, onde pelo tato e pelo cheiro se detecta o material usado na fabricação. Também incluí na coleção selos franceses com aroma de chocolate.
Finalmente montei inicialmente dezesseis folhas, completando um painel expositivo no padrão dos Correios. Na ocasião que eu for expor, pedirei que não coloquem a proteção frontal de acrílico que os Correios normalmente colocam.
Esta minha idéia e montagem desta coleção nos moldes que me propus a fazer, abre novos caminhos para que deficientes visuais também possam participar e conhecer selos em Braille e vivenciar também a filatelia que nos dá tanto prazer e cultura. Com o tempo esta coleção será aumentada com mais dois ou três painéis.
Esta coleção será itinerante, participará de exposições dos Correios e também farei mostras individuais, onde levarei um painel próprio que confeccionei unicamente para esta finalidade. Inicialmente esta coleção foi exposta na SPP –Sociedade Philatélica Paulista, está também agendado para ser exposta em Mogi das Cruzes, Campos do Jordão, Guarujá, Juquitiba e outras cidades. Em breve será exposta na Biblioteca São Paulo, no Parque da Juventude e também no Colégio Mackenzie, onde tudo começou.
Estou fazendo contato com diversas instituições de cegos para agendar palestras e deixar por tempo determinado o painel e a coleção.
Mais uma vez um brasileiro inovou no campo da filatelia, pois até o momento em nenhum lugar do mundo havia condições de um cego participar de exposições filatélicas, agora com esta coleção escrita em Braille e com o painel sem proteção frontal de acrílico os cegos também poderão participar do maravilhoso mundo da filatelia.

Sergio Marques da Silva (66) é Presidente da Abrajof – Associação Brasileira de Jornalistas Filatélicos, Vice-Presidente da SPP – Sociedade Philatelica Paulista, Secretário e Jurado da Febraf – Federação Brasileira de Filatelia – e-mail: sergiocolecionismo@bol.com.br

Divulgação

Para efeito de divulgação, esta coleção postal poderá ser enviada para ser exposta por um período de uma semana em diversas entidades que trabalham e lutam para maior inclusão dos cegos nas diferentes esferas da sociedade e será também divulgada na Internet. Bastando para isto, fazer agendamento com antecedência.
E-mail: sergiocolecionismo@bol.com.br

Instituto dos Cegos Padre Chico
União dos Cegos do Brasil
Fundação Dorina Nowill para Cegos
Conselho Brasileiro para o bem estar dos Cegos
Associação de Cegos Louis Braille
Centro de Emancipação Social e Esportiva de Cegos
Associação para Deficientes Áudio Visual ADEFAV
Centro de Apoio ao Deficiente Visual CADEVI
Fundação para o Livro do Cego no Brasil
Universidade do Colégio Mackenzie
Centro de Ensino Especial de Deficientes Visuais
Centro Cultural São Paulo – Setor Braille
Biblioteca São Paulo – Parque da Juventude
Rotary Club
Lions Clube
Fundação Municipal Anne Sullivan
Instituto Benjamin Constant

Será enviada matéria com fotos para as seguintes instituições no estrangeiro:

Unidad Educativa para Niños Sordociegos – Espanha
Instituto Jacob R. Pereira – Portugal
Centre d´Education Specialisée pour Sourds-Aveugles – França
Deutsches Taubblindenweek – Alemanha
Associação Finlandesa de Surdocegos – Finlandia
Helen Keller National Center for Deaf-Blind Youths – Estados Unidos

American Philatelic Society – E.U.da América
Boletim Informativo Bull´s Eyes – E. U. da América
Ausbrasilien – Alemanha
Fepa – Federação Portuguesa de Filatelia
Fip – Federação Internacional de Filatelia
Fiaf – Federação Interamericana de Filatelia

Sergio Marques da Silva, proprietário da coleção expositiva, entrará
em breve em contato para agendar data para levar o painel com o
a coleção de peças filatélicas em Braille.
Agradecimentos: A Biblioteca São Paulo – Parque da Juventude colaborou com este trabalho, fornecendo as legendas escritas em Braille.


Os Selos e os Sentidos – Portugal
Bloco em Braille – Portugal


Envelope com a série de selos “ Os Selos e os Sentidos”  – Portugal


Envelope com selo de Cortiça de Portugal


Envelope de 1979 com selos em Braille – Brasil


Bloco de 1974 com o selo em Braille – Brasil


Selos do Brasil de 2009 em Braille


Convite dos Correios de 2003 escrito em Braille


Bloco de selos do Brasil de 1999 com aroma de queimadas


Cavalete com Painel Expositivo


Painel com a Coleção em Braille


Idem a anterior


Edital dos Correios em Braille 1974

A SPP sauda o nosso Associado e Vice-Presidente pela sua bela iniciativa. A divulgação da Filatelia se faz presente em todos os segmentos da nossa sociedade. A inclusão social das pessoas pela filatelia é uma das diversas caracteristicas que esse fascinante hobby.